InícioRPG TibiaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Um canto para observações. (By Zé)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
Xiahou Dun
Nobre
Nobre
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sex Maio 14, 2010 11:29 pm

aprendi roleplay vendo turgon reclamar do tempo que perdia pra interpretar explicando pra o pessoal o que era roleplay e ele ficava mais puto quando a galera desistia no momento em que mencionava o pagamento e com o zé, ele me desafiou a fazer a missão ou perder minha chance de aprendiz pra sempre

lembro quando "explorou a nova kass" fugindo de três pks e eu com meu level 20

o pobre do zé que ainda tinha de me convencer a ser senat com o auron mesmo o rp dependendo disso, hoje olho pra traz e vejo que ele foi o verdadeiro merlim langobardo, mantendo a comunidade erguida no off e conseguindo agradar no in, o que é dificil!!

aprendi mt com darkness, apesar de ele ser realmente um cara que tem um irmão que mija no playstation dele e que enche o saco no off, me impressionei com a força de vontade inabalavel que ele tinha, digo até que ele revolucionou o pensamento do roleplay quando interpretava um vilão, mesmo que chamando o pessoal no off

na epoca eu era intrometido pra caralho, lembro que wk ficou uma noite td acordada
pqcausa de uma briga besta que eu tinha inventado sobre aprendizes e relações off, disse até que ia derrubar ele shuahsu

ah, foi legal ser aprendiz com o kon, durou um ano e eu nem entrei, e eu conhecia a galers =x
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sex Maio 14, 2010 11:55 pm

Me senti triste, Ovelha não considerou meus gran vis lux como ensino de roleplay. Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Irgulino
CONTRIBUINTE - Senhor das Almas
CONTRIBUINTE - Senhor das Almas
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Irgul
Vocação: Maluco Beleza

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 12:01 am

Filipe escreveu:
Me senti triste, Ovelha não considerou meus gran vis lux como ensino de roleplay. Sad
OKSAPPOKSAKPOSAKOPSAKOPSAKOPSAKOSAKOPSAKOPSA
Aquilo foi tenso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Astinos Lamael
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Astinos Lamael
Vocação: Alcóolatra

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 12:47 pm

Só eu nunca fui aprendist? 0.0

por isso sou pg até hoje Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 12:54 pm

Até hoje me lembro do Rage of the Skies mirado em Darkness que matou seu char. Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Irgulino
CONTRIBUINTE - Senhor das Almas
CONTRIBUINTE - Senhor das Almas
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Irgul
Vocação: Maluco Beleza

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 2:58 pm

Eu ri demais nesse dia, velho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zé dos Corvo
6000?! Esse só pode ser o Xela!
6000?! Esse só pode ser o Xela!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 3:08 pm

Bruno só suviu tão rapido pq era fantoche in-game de corvolo, FATOZÃO!

eu queria q os mais novos falassem, mas ja no relato de ovelha nota-se um grande decaimento na atençãod ada aos aprendizes.

bem,t bm vou cotnar minha historia, mas a maioria ja ouviu essa ladainha...

eu era master-ultra-noob, li um treco no tibiabr e achei legal! ai criei char em neptera e comecei a torrar a paciencia do pessoal com pms in-game perguntando sobrea a langobardis. meu char era perdidamente apaixonado por um npc e ele jurava q a namorou por um tempo, ele acreditava na existencia de deuses nordicos e eu não sabia fazer porra nenhuma... depois de ficar 3 dias plantado em venroe sem ver sequer um roleplayer, turgon arken foi buscar corvolo... a partir daquele dia minha vida mudou! aprendi quase tudo com will.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 5:19 pm

Hmm... minha época de aprendiz...

Karteler era um cego que enxergava melhor que os outros e tinha poderes apelativos à lá Kiph Devor. Neil era uma criança chata que ficou feliz de ser aprendiz e depois de matar um dwarf foi aprovado. E Kean só entrou por que era meu char.

Sinto como se tivesse perdido uma grande parte de minha infância ao não possuir uma fase decente de aprendiz. Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gorner
The Doppleganger
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Michael Gant
Vocação: Kight

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 8:29 pm

Gorn era um cara disfarçado de velho que fazia pioções e dizia expulsar demonios, aí ele seguiu o Neil numa missão até KAzordon pra trazer envelopes e foi aceito. =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zé dos Corvo
6000?! Esse só pode ser o Xela!
6000?! Esse só pode ser o Xela!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 8:33 pm

peralá!!!! gornlink só foi aceito pq ele resgatou o escudo de medusa de corvolo! fatozão!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Sab Maio 15, 2010 9:28 pm

Foi o Karteler que resgatou. Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gorner
The Doppleganger
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Michael Gant
Vocação: Kight

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Dom Maio 16, 2010 1:19 am

Mas o Gorn foi até lá... u.u'' só que vocÊ pgzamente mandou o Karteler lá! T.T
Voltar ao Topo Ir em baixo
zack746
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Isaac Guerreiro
Vocação: Conseguir fuder com a própria vida

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Ter Maio 18, 2010 10:00 pm

Era a primeira semana de férias de fim de ano. Eu escrevia no forúm tibiabr, e de lá já conhecia de vista Wk~. Sabia que ele tinha uma guilda e resolvi me misturar, lembro que já sabia que pra ele montar uma guilda tinha algo de muito interessante lá. Era a mentalidade...

Ai tinha um topico da Langobardis (que aliás está desatualizado) com o link do forúm, o sistema, o que era roleplay. Otimo!

Entrei no forúm, dei uma olhada para ter uma base. Li os tutoriais, mexi, remexi no que pude e no que não devia também...

O primeiro a roleplayar foi o Elton, vulgo Hewton. Aprendi muita coisa com ele. Depois foi o Xela, que aprendi a ser um roleplay mais pensativo, que divagava, perguntava, afirmava.

Fui aprendist com Trok Orthh, o elfo mascarado. Bom tempos, com Paul, Alice no poder, e o salão de jogos como centro de reunião dos langobardos. Muitas coisas aconteceram, quest's...

Acho que na verdade hoje pouco se faz pela Langobardis, e digo isso dos que mais reclamam. A dizer: Xela, Davi, Filipe...

Xela porque tem o ideal de que tudo vai se adequar e mudar de uma hora pra outra, acredita que a seleção natural fará seu trabalho.

Davi e Filipe porque na verdade roleplayam bem mas estão mais preocupados com outras coisas, envolvimento cadente.

Na verdade ando pensando em muita coisa, não só eu como muita gente acredito que esteja. E concordamos que quando não haviam facepalm's, fikdik's e toda a baboseira troll era mais engraçado...

Até enfiar o palito no cu está se tornando vulgarizado.

Trollar é comum, mas toda hora no forúm. Chega a irritar pelo fato de não aumentar em nada. E pior, os novatos chegam vêem a baderna e crêem inusitadamente que é assim que funciona aqui e in-game. Que tudo pode se resolver com desculpas, ad homines e falácias em geral.

Nos não somos mais os garotos de 14-15 anos que eramos quando começamos a jogar. Acredito que crescemos, e nossos ideais, filosofias e roleplay devem caminhar assim, pro alto.

Comentários mais inteligentes, construtivos porém não alesados, postos na balança antes de serem escritos.

Vou tentar elucidar melhor minhas idéias, pensar em algo, e volto talvez amanhã com melhores respostas. E por favor, parem de trollar. É sério.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Ter Maio 18, 2010 10:31 pm

Minhas trollagens são críticas, se as pessoas ficam nervosinhas e não conseguem entender as críticas não é culpa minha. E eu já deixei de reclamar da langobardis faz tempo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leonardo
Nobre
Nobre



Ficha da Personagem
Personagem: charlie
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qua Maio 19, 2010 7:09 am

Olha, minha época de Aprendiz foi com Elliot.
Ele era um velho preso de Carlin, a primeira pessoa com quem falou era Darkness.
Depois de alguns meses jogando, conseguiu seu primeiro mestre, Argos.
Daí eu parei de jogar e voltei ano passado. Kean Altrene e Astinos governavam a Langobardis.
Procurei Argos, mas ele tinha sumido, achei Corvolo, que aceitou ser meu mestre *_*
Mas aí ele interpretava Alice, ela me mestrou por um bom tempo, aprendi tudo com ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Drachenorden
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Dimitri Drachenorden
Vocação: Mago

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qua Maio 19, 2010 12:59 pm

zack746 escreveu:
Era a primeira semana de férias de fim de ano. Eu escrevia no forúm tibiabr, e de lá já conhecia de vista Wk~. Sabia que ele tinha uma guilda e resolvi me misturar, lembro que já sabia que pra ele montar uma guilda tinha algo de muito interessante lá. Era a mentalidade...

Ai tinha um topico da Langobardis (que aliás está desatualizado) com o link do forúm, o sistema, o que era roleplay. Otimo!

Entrei no forúm, dei uma olhada para ter uma base. Li os tutoriais, mexi, remexi no que pude e no que não devia também...

O primeiro a roleplayar foi o Elton, vulgo Hewton. Aprendi muita coisa com ele. Depois foi o Xela, que aprendi a ser um roleplay mais pensativo, que divagava, perguntava, afirmava.

Fui aprendist com Trok Orthh, o elfo mascarado. Bom tempos, com Paul, Alice no poder, e o salão de jogos como centro de reunião dos langobardos. Muitas coisas aconteceram, quest's...

Acho que na verdade hoje pouco se faz pela Langobardis, e digo isso dos que mais reclamam. A dizer: Xela, Davi, Filipe...

Xela porque tem o ideal de que tudo vai se adequar e mudar de uma hora pra outra, acredita que a seleção natural fará seu trabalho.

Davi e Filipe porque na verdade roleplayam bem mas estão mais preocupados com outras coisas, envolvimento cadente.

Na verdade ando pensando em muita coisa, não só eu como muita gente acredito que esteja. E concordamos que quando não haviam facepalm's, fikdik's e toda a baboseira troll era mais engraçado...

Até enfiar o palito no cu está se tornando vulgarizado.

Trollar é comum, mas toda hora no forúm. Chega a irritar pelo fato de não aumentar em nada. E pior, os novatos chegam vêem a baderna e crêem inusitadamente que é assim que funciona aqui e in-game. Que tudo pode se resolver com desculpas, ad homines e falácias em geral.

Nos não somos mais os garotos de 14-15 anos que eramos quando começamos a jogar. Acredito que crescemos, e nossos ideais, filosofias e roleplay devem caminhar assim, pro alto.

Comentários mais inteligentes, construtivos porém não alesados, postos na balança antes de serem escritos.

Vou tentar elucidar melhor minhas idéias, pensar em algo, e volto talvez amanhã com melhores respostas. E por favor, parem de trollar. É sério.
Belo comentário, tirando o fato de que(de novo), você falou muita coisa inteligente, com muita besteira. Faz parte, com um pouco de sensatez o que você fala podia ser facilmente minha opinião integral.

Só um questionamento que tive ao ler seu comentário: como diabos eu posso estar preocupado com outras coisas se, quando a Langobardis(novamente) estava às traças, eu me dei a tarefa(nada cômoda e divertida) de reanimá-la. Prefiro que me diga que não sou bom roleplayer, seria sua opinião e eu aceitaria, contanto que tivesse argumentos que com certeza você daria, do que diga que eu não me preocupo com a Langobardis ou com o roleplay em geral ou me compare com o Filipe, o que considero falta de consideração com o que tenho feito.

Obrigado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
zack746
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Isaac Guerreiro
Vocação: Conseguir fuder com a própria vida

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qua Maio 19, 2010 2:36 pm

Ao contrário Davi, te considero um bom roleplayer. Na verdade todos os que foram citados pra mim são considerados roleplayer's. E digo isso com ciência porque já roleplayei com todos, de perto.

Citação :
Só um questionamento que tive ao ler seu comentário: como diabos eu posso estar preocupado com outras coisas se, quando a Langobardis(novamente) estava às traças, eu me dei a tarefa(nada cômoda e divertida) de reanimá-la. Prefiro que me diga que não sou bom roleplayer, seria sua opinião e eu aceitaria, contanto que tivesse argumentos que com certeza você daria, do que diga que eu não me preocupo com a Langobardis ou com o roleplay em geral ou me compare com o Filipe, o que considero falta de consideração com o que tenho feito.

Isto me lembrou muito o que Argos dizia. "Eu fui lá, levantar a Langobardis quando estava as traças. Foi um bom governo!". Mas porque eu sempre estive com o pé atrás? Porque sei que o que mais me preocupa na Langobardis não é o volume de pessoas online, mas como se esta ensinando o Roleplay, afinal é este o objetivo da Langobardis! E eu vi que embora tudo estivesse organizado no governo de Argos pra mim ainda havia uma falha na questão de fundamentos, do que estava sendo ensinado. E agora vejo que ele estava certo, faltou compreensão e participação das outras pessoas.


Bom, o que eu vejo é que podemos melhorar a forma de ensinar, a forma com que roleplayamos. Irmos além, como disse um amigo: O resultado final do bom mestre é a superação do aprendiz sobre ele.

Vejo bons roleplayer's, mas sei que eles podem mais. Precisam evoluir para fazer a Langobardis crescer. Ser bom já não é suficiente, nunca foi...

Bom Davi, nunca vou desmerecer seu trabalho. Muito menos seu roleplay, e por isso acho que talvez possa haver mais coisas a serem feitas e pensadas. E sempre haverá, então nunca levem isso pro lado destrutivo, porque querendo ou não isso serve pra todos e pra mim também. Apenas ando buscando pra mim e dos outros mais e melhor...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Drachenorden
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Dimitri Drachenorden
Vocação: Mago

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qua Maio 19, 2010 3:36 pm

Não foi por mim, nem por ninguém, mas temos os melhores aprendizes desde sempre, melhores até que os da época que a Langobardis estava iniciando e os membros da Langobardis são apenas os olds, ou seja, estamos ferrados porque todos os roleplayers que temos são uns merdas Laughing

De qualquer forma, não acho que Argos tenha dito isso. Afinal, ele recebeu a Langobardis simplesmente tinindo, cheia de membros ativos e com muito dinheiro para investir em eventos, tanto no primeiro como no segundo mandato, respeitando obviamente as devidas proporções.

Entendi o que você disse, mas não concordo. Obrigado pelo elogio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
zack746
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Isaac Guerreiro
Vocação: Conseguir fuder com a própria vida

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qua Maio 19, 2010 3:43 pm

Já vi outros que se mostraram tão solicitos quantos esses e acabaram perdidos, por falta de bom aprendizado.

Não adianta ter alguem interessado em aprender se não tiver um professor ainda mais interessado em ensinar. E todo professor repassa a lição de casa antes de dar a aula...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zé dos Corvo
6000?! Esse só pode ser o Xela!
6000?! Esse só pode ser o Xela!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qua Maio 19, 2010 4:30 pm

muito boa observação, acato a critica a mim mas a justifico da seguinte forma:

eu prefiro acreditar nisso pq estou totalmente impossibilitado de fazer algo por ela in-game. digamos q é um pensamento q me conforta... compreende?


Obs: argos recebeu duas langobardis em forma. bem como davi disse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Irgulino
CONTRIBUINTE - Senhor das Almas
CONTRIBUINTE - Senhor das Almas
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Irgul
Vocação: Maluco Beleza

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Qui Maio 20, 2010 3:46 pm

Acho que o problema está em sistematizar a maneira de ensinar roleplay.

Acredito que finalmente estou caminhando em direção ao verdadeiro roleplay. Surprised
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zé dos Corvo
6000?! Esse só pode ser o Xela!
6000?! Esse só pode ser o Xela!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Dom Jun 20, 2010 1:23 pm

Até onde um level alto consegue de fato fazer roleplay? Onde o levelup se torna demasiado arduo que impossibilita o roleplay? Ou isso é tudo delírio de jogadores pouco habilidosos que não conseguem alcançar leveis decentes no jogo? O que vocês pensam?


Chuck [999]: //Vamos fazer um pouco de roleplay?
Outro Roleplayer [17]: //ok
Outro Roleplayer [17]: Sir Chuck, preciso de sua ajuda! Os trolls mataram meus pais e eu quero me vingar deles descobrindo o que eles tanto guardam em suas cavernas a sudeste de Thais!
Chuck [999]: //aff, mó saco aquela cave, só tem troll -.-
Voltar ao Topo Ir em baixo
Growl~
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!



Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Dom Jun 20, 2010 3:04 pm

O excesso de level não atrapalha o roleplay, o roleplayer é que pode se atrapalhar com o excesso de level se peder aquelas noções basicas.
Mas o level ajuda o jogador a poder interpretar nas mais diversas regiões do tibia e se divertir mais ainda.

é isso o que eu penso.

Chuck[999]:Aqueles trolls não aprendem nunca mesmo... Vamos lá, garoto, eu ajudo voce!
Chuck[999]:Exori gran
Outro roleplayer[17]: Obrigado, senhor chuck! O senhor é meu herói!
Chuck[999]:Agora vou indo, tenho que matar uns demônios e dar mais umas porradas no ferumbras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
zack746
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
CONTRIBUINTE - Manauara Cult
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Isaac Guerreiro
Vocação: Conseguir fuder com a própria vida

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Dom Jun 20, 2010 3:31 pm

Jogar por alto por uma coisa que você não passou não é o queremos.

Acredito piamente que a personagem Nagorax Kin poderia ter um roleplayer excessivamente melhor se tivesse aquele level apenas usando o roleplay como base. Não digo que ela não é uma boa atriz, mas que melhoria.

Fato é que o personagem precisa ter uma ligação com o ator pra que aja um interpretação sincera, se isso não acontece estaremos assistindo a uma improvisação meia-boca. E sem dúvida esse vinculo cresce quando você vai conhecendo a vida as maneiras desse personagem. Pessoas que tendem a ter leveis altos, sem que haja tempo e esforço pra interpretação acabam tendo mais dificuldade de interpretar um personagem que eles não "conhecem profundamente", e que por isso acaba levando o vinculo powergame mais a frente do personagem que a propria interpretação.

Não estamos falando que seja impossivel e que alguém possa fazer isso. Apenas estamos levando em conta que nem todo o mundo é um grande roleplayer que sabe dividir perfeitamente e exatamente o momento em que ele faz-se powergame, e quando ele é um personagem com suas peculiaridades e caracteristicas.

A balança roleplay versus level não cabe nesta pergunta, mas como se conseguiu tal level. Roleplayando sinceramente ou não-roleplaying?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Growl~
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!



Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   Dom Jun 20, 2010 3:45 pm

level = poder.
O personagem pode ser poderoso mas nao ser experiente em combate; level não é o quanto o jogador ja caçou, é o poder dele. Por exemplo, se o cara é um dragão recem nascido ele vai ser muito mais poderoso que uma criança humana de 10 anos então seria aceitavel que o personagem dragão "começasse" no level 15

... né?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Um canto para observações. (By Zé)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um canto para observações. (By Zé)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» melhor canario para tirar pintagol de tarim
» Sites de produtos para cabelo em Geral
» Escova Denman e similares para definir cachos
» ESTILIZAÇÃO E PRODUTOS PARA CACHOS 3A,B, C
» CANTINHO DO DESABAFO (cantinho para falarmos de tudo e mais um pouco!)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: OFF-TOPIC :: Off-topic-
Ir para: