InícioRPG TibiaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Conte a história... 4FUN!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Arkrotep
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Conte a história... 4FUN!   Sab Jan 26, 2013 9:33 am

Olá, gatchenhos.Como estão? Hoje estou aqui para trazer mais uma brincadeira gênial para o fórum. Na verdade é algo muito simples(sqn).
Quantas vezes vocês não se depararam com uma foto/desenho/imagem e ficou lá, observando, imaginando na sua cabecinha uma história para aquela bela cena?
Nunca?CAI FORA DAQUI!

Pois esse é objetivo do jogo. Eu vou e posto uma imagem, você vai, descreve a cena, posta uma imagem, alguém descreve, e assim continua num looping infinito!

~Regras - As regras - Da Rules - Ja Rule - As Ruletas - La Rule~
Spoiler:
 

Fora essas regras, postem várias imagens ai, bora tornar isso divertido ^_^
E a primeira imagem é.... !
Spoiler:
 


Última edição por Arkrotep em Ter Jan 29, 2013 12:01 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel
Administrador - Run! Run! Run!
Administrador - Run! Run! Run!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Todos.
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Sab Jan 26, 2013 12:16 pm



Os cinco ventos estavam frios naquela noite. Um rapaz estava sentado no centro do grande circulo de pedras que se chamara Maethe.
Muitos eram os seus problemas, porem, grande também era sua esperança. O circulo dos Maethe era o lugar certo para quem procurava por respostas. Um lugar onde poucos homens se atreviam a pisar... Um lugar mais que sagrado, onde o homem poderia ter contato com sua fé e com os seus ancestrais.

O rapaz observara o vento com uma estranha curiosidade. Não com o tipo de curiosidade que leva os homens a rodarem o mundo atrás de respostas. Não.
Ele o observava com a curiosidade de um esposo que observa sua esposa dormir e a ama, mesmo já tendo visto a mesma cena milhares de vezes. O observara com a curiosidade de uma criança que observa uma flor desconhecida.
Observara com uma curiosidade que não pode ser descrita com perfeição, uma curiosidade que faz as coisas se tornarem belas apenas por existirem.

Vathe era o seu nome. Era um simples filho de fazendeiro que buscava melhoras para os problemas que sua família vinha passando durante os últimos anos.
Vira por muitas vezes suas irmãs encolhidas, com fome. Não aguentava mais ver a mãe chorando quando o pai saia para a lavoura... Não. Não queria mais aquilo.
Queria ser um homem, apesar de não ter mais que quinze anos de idade.

Dois rapazes subiram as colinas, adentrando o grande circulo e sentando-se á frente da fogueira de Vaethe.

- Vai mesmo fazer isso? - Disse o rapaz maior. Tinha seus vinte anos e seu porte era atlético. Tinha cabelos negros e longos, que caiam por trás da capa. Era o tipo de rapaz que passara a vida inteira trabalhando com o ferro. Usava uma armadura de couro e uma capa velha e desbotada por cima, mas não parecia nem de longe com um cavaleiro.

- Sim Arthas, eu vou. - Respondeu Vaethe, com os olhos fixos na fogueira.

- Buscar ajuda com espíritos, tolice. Muito tolice. - Disse o rapaz menor. Não chegava nem aos quinze, porém era maior e mais forte que Vaethe. Seus cabelos eram negros e escorridos, seus olhos eram grandes e assustados. Ele tinha um sotaque carregado das terras pra lá do oeste. Das terras em que não se falava do nome.

- Sim, você esta certo Will. Buscar ajuda com os espíritos é mais que tolice. É desrespeito e, dependendo do que o nosso Vathezinho faça aqui, também é crime.

Vaethe ergueu os olhos e encarou Arthas.

- Não importa o que vocês digam. Eu falarei com os espíritos e eles terão que me ouvir. Se você é idiota e acredita em tudo o que suas prostitutas falam ao seu ouvido, não é problema meu.

Vaethe se levantou com calma, enfiando a mão em um dos bolsos e retirando um pedaço de papel dobrado. Ele o desdobrou com cuidado e começou a ler em voz alta, antes que qualquer um dos dois falassem alguma coisa para impedir.

- Vaethe, tuhla vatke etha. Evron tuh aspirit dulacem detha. Ni enth suh curp eth las nuit su tsuvhi parden!

O vento parou ao fim das palavras. Vaethe fechou os olhos, sentindo o clima ficar mais pesado. De olhos fechados, ouvia o clamor que vinha de todas as direções.
Ele abriu os olhos e viu os amigos o olharem com espanto.
Olhou pra os lados e viu os espíritos dançarem ao som de seu nome.



____

Minha imagem é...
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Drachenorden
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Dimitri Drachenorden
Vocação: Mago

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Sab Jan 26, 2013 9:12 pm



O primeiro dia de uma vida.

Ovelhas andavam calmamente pelo pasto, e ali toda a angústia de seus mundos: comer e esperar o dia da morte - saberiam elas ao menos que estavam vivas? O pastor sabia.

Sabia pelo menos que os animais estavam vivos. Estaria ele?

[...]

O último dia de uma vida.

Lobos se alimentavam de ovelhas desde que o mundo fora criado - por quem, quando e por quê, não me pergunte -, pastores cuidavam delas desde esse dia, ou talvez antes, não importa quão absurdo isso possa parecer.

O jovem não era diferente. Toda a importância de sua vida estava ali: as ovelhas, única propriedade que sua pobre família possuía, animais que alimentavam tanto o corpo quanto a alma daquele rapaz.

Nunca havia visto um lobo. Não queria ver, mas não temia, ora, pastores amedrontavam lobos desde que o mundo fora criado - e voltamos a essa questão -, e ele vinha de uma família que pastorava desde antes disso.

O dia não correra de forma diferente - muito pelo contrário, fora um dos calmos, suas ovelhas estavam mais calmas -, já acabava, e seria mais um dia em que ele dormiria e esperaria o próximo até o fim. Seria interessante falar que ventava, ou que tudo mudou, de uma hora para outra, mas não foi assim. O dia permaneceu calmo, e a mudança, como normalmente ela se apresenta, mas como raramente é representada, chegou silenciosa.

O cajado desceu ao chão, os olhos do rapaz se fecharam.


A ovelha que algum dia tinha existido morreu. O pastor, abraçado na sua existência anterior, sumiu.


Havia ali, agora, um lobo.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Growl~
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!



Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Seg Jan 28, 2013 2:00 pm

Os homens criaram Deus. E então, Deus criou os homens. Mas os homens eram maus, e criaram um deus mau. E deus era mau, criou os homens maus. Por ser mau, deus dividiu a singularidade, plantando a trinidade num mundo dual.

Homens, por castigo recorrente ao pecado original, a vós imposto, amaldiçoo-vos.
Perceberão estarem nus, negando sua prévia natureza entre os teus irmãos animais, porém sem nunca a abandonar.
Sempre virão do pó e a ele retornarão, animados pelo fogo da minha vontade.

E deus sucumbiu aos homens. Porém, através dos homens e de sua maldição continuou, até...
a porra do fim, que ainda não é hoje.




Imagem por *AndyFairhurst, no DeviantART.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 10:31 am

Eu pessoalmente aqui no forum prefiro ler em negrito, então vou negritar o texto todo... se não gostou, vai se fuder falem comigo.

Era inverno, o frio era tão intenso que despia as árvores e deixava grande parte das plantas mais rasteiras amareladas, ou até mesmo mortas, cinzentas, as flores bem encolhidas e tímidas, esperando ansiosamente pelo verão. Contudo, era neste inverno tão frio e rigoroso que surgia a amizade mais calorosa e mais inesperada de todas. Já fazia mais ou menos uma semana que o menino e o dragão, Toothless, se conheciam. O garoto, Soluço, saía para brincar todos os dias, em segredo, pois se os seus pais vissem aquela cena, com certeza não iriam entender nada. Os laços daquela amizade peculiar iam se estreitando dia após dia, quase como uma troca simultânea de confiança.

Certo dia, os dois caminhavam pela borda de um lago, Soluço empunhando uma vara de pesca, decidido em dar o melhor presente que estava ao seu alcance para o dragão: Um lanche gostoso com o seu peixe preferido. Toothless tentou vez ou outra morder a vara de pesca, pensando que era apenas mais um graveto usado para brincar, e o menino sempre o repreendia, dizendo "Não, assim, não! Isso aqui é para eu pegar o seu presente, droga!"

Ficaram quase a manhã inteira tentando pescar, o garoto sentado e encostado na lateral de seu amigo, que dormia pesadamente, mas nenhum peixe fisgava a linha. Será que todos os peixes tinham se migrado já, por conta do tempo frio? Quando estava para perder as esperanças e ir embora, a vara de pesca começou a tremer. Sentiu uma forte fisgada, o peixe puxando a linha de um lado para o outro, com enorme força. Ele se levantou rapidamente, animado, dizendo:

- Amigo, conseguimos o seu lanche!!

Foi uma batalha de proporções épicas, hora o peixe quase estourava a linha, hora soluço conseguia ter mais força e puxá-lo, pacientemente, fazendo de tudo para não cair no lago. Após muito sufoco, finalmente conseguiu o seu prêmio. Puxou a vara de pesca para cima e o peixe saiu d'água, se contorcendo. Toothless, que tinha acordado com todo o barulho, mostrou excitamento quando viu o peixe, deixando escapar um leve sorriso, abanando de leve a sua longa cauda escamada.

Logo após soluço deixar o peixe no chão, Toothless avançou direto no peixe e o engoliu sem nem mastigar. Soluço deu um leve sorriso e disse:

-Amigo, eu me matei pra pegar seu peixe e você sentiu nem o gosto dele, não é?



Minha imagenzinha. Bem fácil.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel
Administrador - Run! Run! Run!
Administrador - Run! Run! Run!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Todos.
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 11:15 am

Spoiler:
 

Soldados corriam pelas ruas, a cidade inteira estava em alerta.

Um rapaz se movia de um lado para outro dentro de seu quarto. Ele escolhia suas armas e examinava as melhores rotas de fuga em seu painel projetado na parede. Ele já tinha feito aquilo antes, muitas e muitas vezes.
Esse rapaz não tinha mais o que chamam de família. Nunca teve. Ele não era um fruto do amor entre duas pessoas. Seus pais não o fizeram para ama-lo, fizeram para que ele fosse uma peça a ser usada nas necessidades.
Ele não ganhou brinquedos quando era criança nem nada disso. Ele ganhou armas.
Ele era um soldado. Não, ele era mais que isso. Era um Takhe. Um membro do exercito mais poderoso da terra.

Olhou no espelho antes de sair. Viu que era um lobo, e os lobos não tinham medo. Ele nunca teve medo, sabia como lidar com a morte. Também sabia como explodir a cabeça de um inimigo há um quilometro de distância.

Subiu a escada e entrou na nave. Seus olhos se fixaram em uma foto que estava grudada no painel, uma foto de uma loba sorridente que um dia o fizera feliz. Ele parou por um instante, deixando o silêncio vagar pelas suas entranhas.

Balançou a cabeça e decolou.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 11:48 am

Depois de cavalgar quilômetros e mais quilômetros naquele local árido e escaldante, atrás de um criminoso responsável pela morte de quase 30 pessoas em uma cidade próxima, os caçadores de recompensas finalmente encontraram o seu esconderijo. Um comerciante que andava pelas estradas falou que tinha visto John Vermelho, o criminoso, cavalgando por ali, e que seu esconderijo deveria ser próximo. E ele estava certo.

Os dois parceiros cavalgaram o mais rápido que puderam até a construção velha, já tentando enxergar o que fariam com cada metade de suas recompensas... Encher a cara e arranjar mulheres para passar a noite. Ao se aproximarem do esconderijo, largaram os cavalos amarrados em um poste e andaram sorrateiramente até a casa velha e abandonada. Pararam próximo à porta da entrada, um amigo olhando para o outro. Respiraram fundo, contaram até três baixinho, gritaram e arrombaram a porta com um chute. O assassino rapidamente pegou a sua arma, virou uma mesa e se escondeu atrás dela para conseguir cobertura. Trocaram tiros por um longo período de tempo, quebrando vasos, estragando móveis e marcando as paredes com as balas. No fim, o assassino foi abatido. Os jovens cortaram a sua cabeça fora e levaram a prova até a cidade em que viram o cartaz colado na parede. O delegado os recebeu com enorme surpresa.

- Uau, nunca pensei que iriam capturar John Vermelho... Bem... O problema é que nossos bancos foram assaltados tem alguns dias e vamos ficar talvez umas semanas sem poder pagar vocês.

- O quê?! - disse um dos caçadores de recompensa - quase morremos por nada?!

- Lamento que sim, meu caro... Mas pense pelo lado bom, você fez um bem para esta cidade e ganhou honra!

Um dos caçadores de recompensa puxou a sua arma e atirou na cabeça do delegado. O outro gritou logo em seguida.

- Por que fez isso?! Ficou maluco?!

- Honra... Pff. Eu só queria meu dinheiro. Ou vai falar que você preferia ficar de mãos vazias? A gente quase morreu lá, Drake!

Drake desviou o olhar para o chão por um curto espaço de tempo e disse:

- É... Você tá certo. Jack. Mas e agora? Você acabou de matar o delegado, vamos ser procurados!

Jack lançou para ele um leve sorriso.

- Nessa terra de ninguém você ainda se preocupa em ser MAIS UM criminoso? Qual é...



mah pic.



pronto, caralho.


Última edição por Tails em Ter Jan 29, 2013 12:04 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Arkrotep
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 11:55 am

Chega, vou embora do fórum.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel
Administrador - Run! Run! Run!
Administrador - Run! Run! Run!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Todos.
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 11:58 am

para de postar esse furi caralio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 11:59 am

vsf, não tem regras contra os furries... mas tá, eu troco de imagem --' xo editar aquela merda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Arkrotep
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 12:01 pm

Arkrotep escreveu:

~Regras - As regras - Da Rules - Ja Rule - As Ruletas - La Rule~
Spoiler:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel
Administrador - Run! Run! Run!
Administrador - Run! Run! Run!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Todos.
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 12:05 pm



Era uma vez um cara escorado numa parede tomando tiro.
Aí a mãe dele morreu e ele queria vingança e xingou e tal tal tal tal tiro tiro pow pow pow "granaaaauuudaass" kaboooommm aí veio o filho dele e disse "papai eu te amo" aí ele falou "eu tbm te amo filho mas so q-" ai o menino tomo head shot e o cara se matou pq era virj e n tinha namoradinhas mais ai a molier que tava do lado disse assim "nosa eu te amava mais agora q vc si mato a gente n pode mais si amar aff q se foda necrofilia e daora" aí começo a era das maquinas.

fim

(desculpa tales)


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 12:16 pm

Samuel escreveu:


Era uma vez um cara escorado numa parede tomando tiro.
Aí a mãe dele morreu e ele queria vingança e xingou e tal tal tal tal tiro tiro pow pow pow "granaaaauuudaass" kaboooommm aí veio o filho dele e disse "papai eu te amo" aí ele falou "eu tbm te amo filho mas so q-" ai o menino tomo head shot e o cara se matou pq era virj e n tinha namoradinhas mais ai a molier que tava do lado disse assim "nosa eu te amava mais agora q vc si mato a gente n pode mais si amar aff q se foda necrofilia e daora" aí começo a era das maquinas.

fim

(desculpa tales)


Spoiler:
 

ASUDHUAIDHAIUHDISUAHDIUSHADIUHADUIHAIUDHAIUDHAIUHDAIUHDAIUHDIAUHDIAUHDAUIHDIUAHDIUAHDUIAHDUIAHDIUHADIUADUIHAUIADSA RACHEI... E EU JÁ MUDEI DE IMAGEM!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shii
Pessoa Normal
Pessoa Normal
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 12:37 pm

Spoiler:
 

"Há rumores que nesta floresta se encontra uma árvore, conhecida como A Árvore Milenar."

As árvores eram gigantes, cujo suas copas arranhavam o céu e escondia, mas ainda os raios de sol chegavam até a grama. Era incrível como a vegetação não crescia, era tudo tão plano e... Fechado. Os musgos impregnados em cada árvore, os galhos e folhas secas formam um grande tapete úmido e mole. Os pássaros brincam entre elas, mas nunca, nunca se adentram naquela floresta. Dizem que existem vários perigos lá dentro e todos que ousaram encontrar A Árvore Milenar, ninguém jamais retornou.

- Pai. Alguém já encontrou essa Árvore Milenar? - Perguntou o garotinho, que estava ao lado da sua irmã, observando atentamente a floresta.

- Hmmm... Já. Isso antes de existir essa floresta imensa. Dizem que uma bela moça, uma moça triste conseguiu chegar até ela. Ela tinha um desejo à fazer, pois na aldeia onde vivia, ninguém gostava dela. Parece que... Ela desejou ter um amigo, não importava quem fosse. A árvore, sentindo o coração puro da jovem, concedeu. Usou um dos espíritos da floresta e criou uma garota, que de fato foi sua melhor amiga. - O homem sorriu, pousando a mão na cabeça do jovem, enquanto analisava as bordas de cada árvore, com um certo temor.

- Mas por quê é tão difícil de chegar lá? E as duas, foram amigas para sempre?! - A voz era de animação, animação de uma garotinha hiperativa, ela puxava a roupa de seu pai, exigindo a resposta mais rápido possível.

- Não... A menina que a Árvore Milenar criou foi assassinada, por pura inveja. E enquanto aquela que fez o pedido, dizem que ela viveu, sozinha como nunca... Depois que o espírito veio a morrer, grandes árvores cresceram, bloqueando o caminho. E assim, ninguém poderia chegar lá novamente. Isso aconteceu por que depois de muitas pessoas conhecerem o milagre que a árvore fez, quiseram chegar até ela para lhe fazer desejos e até destruí-la, para que o povo não usufruísse do poder daquela árvore ou então para que não causasse o caos e a desordem de todos, por apenas um desejo que... Não seria concedido para qualquer um. - Sorriu, sentando-se na grama.

"Talvez seja verdade, talvez não. Mas não vamos nos arriscar e descobrir, certo? Vamos apenas nos sentar e apreciar a paisagem. Afinal, ela é o bastante para preencher nossos corações, não?"


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Jan 29, 2013 1:34 pm

Fazia muito frio e nevava bem forte em uma cidade distante, talvez até mesmo desconhecida naquele dia nebuloso. A neve que caía como flocos de isopor sobre todas as construções era densa, fofa e alta. As ruas estavam vazias, com a exceção de alguns poucos carros transportando pessoas para algum passeio ou apenas mais um dia de trabalho.

Tudo parecia estar bem calmo, até os poucos raios de sol serem filtrados por uma membrana fina e vermelha. Os veículos diminuíram seu ritmo ou pararam de andar, para tentar ver o que era que estava tampando a luz do astro flamejante...



Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel
Administrador - Run! Run! Run!
Administrador - Run! Run! Run!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Todos.
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Qua Jan 30, 2013 8:40 am

Spoiler:
 

Era uma vez um homem chamado Osamahala. Ele vivia naqueles desertão que não tem nada além de vento e areia... Mas ele era feliz porque tinha um amigo.
O nome do amigo dele era Ankathe, eles eram mais que amigos na verdade. Eram namorados.
Um dia, Osamahala estava andando de mãos dadas com o seu namorado pelo deserto, trocando palavras amorosas, beijinhos e tudo mais.
Aí eles viram um camelo lá longe e pensaram que era o pão de açucar, porque os dois tavam com uma sede do caramba e já tavam começando a delirar (rápido, né?).
Osamahala tinha um espirito aventureiro, então disse

- Aposto vinte lascas que aquele camelo era de um terrorista que morreu aqui perto. Se a gente seguir as pegadas, vamos achar umas armas de graça e umas granadas pra explodir os Estados Unidos, amor.

Aí o Ankathe olhou pra ele com desconfiança e disse assim

- Não. Aposto que aquele camelo era de um rapaz bem bonitão que tá morrendo de sede por aí nas areias... aí a gente salva ele e leva ele pra nossa casa, tira aquela cuequinha box delicia e... - Aí ele viu que o Osamahala tava olhando pra ele com raiva e parou de falar.

- Cê é um puto, sabia? Eu vou te fuzilar aqui mesmo. - Osamahala puxou sua ak-47 e apontou pra cabeça do seu namorado

- Não! mas a nossa história! o nosso amor! Eu tive que lutar com sua mãe pra poder te levar embora da sua caverna, não lembra? Eu arranquei os dentes dela com um pedaço de viga!

Aí o Osamahala abaixou a arma e começou a chorar, chorar e chorar. Aí os dois se abraçaram e se beijaram. O clima esquentou.

...

Lá estavam os dois deitados na areia, arfando depois de uma noite ou uma tarde de amor. Aí eles lembram do camelo e tal.

- O camelo! - Exclamou o Ankaethe.

Aí os dois correram até o camelo, com as bundas brancas fazendo contraste com a areia do deserto...


Mas na verdade nem era um camelo, era um portal cósmico que o Robotnik tinha deixado lá pra capturar o sonic. Aí os dois foram sugados para Robotnik city, já vestidos.

Aí eles viram os robos e começaram a dar tiro pra tudo quanto é canto daquela cidade, juntinhos pela força do amor. Aí o Osamahala tomou um tiro na barriga e ficou agonizando no meio da rua, de mãos dadas com o seu amor.

Aí ele disse assim

- Eu vou morrer, Ankaethe. Você é a única pessoa que eu amo, como faz? Quero falar uma coisa foda antes de morrer...

Aí o Ankaethe botou o indicador na boquinha dele e disse assim

- Shhhh, não diga nada... não diga nada.

E os dois se beijaram com fervor em meio a guerra mais daora do mundo.
Os dois se amaram com fervor em meio a guerra mais violenta do mundo.

Os dois iam fazer amor em meio a guerra mais tensa do mundo, mas o Osamahala morreu antes.



Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Arkrotep
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 5:04 pm



Regras:

Se você se chamar Talles, você não pode postar furry.
Se você se chamar Talles, você não pode postar mulheres armadas em poses toscas.
Se você se chamar Talles, você não pode postar erotismo.
Se você se chamar Talles, você não pode postar armas.
Se você se chamar Talles, você não pode postar [INSIRA AQUI~]
Se você se chamar Talles, você não pode postar [INSIRA AQUI~]
Se você se chamar Talles, você não pode postar [INSIRA AQUI~]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Growl~
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!



Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 5:07 pm

Você podia começar postando uma imagem. Deixa que eu começo.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Arkrotep
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 5:09 pm

Álex, podia aproveitar e por essas imagens tudo em spoiler? Layout quebrado sucks :[
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 5:23 pm

Arkrotep escreveu:


Regras:

Se você se chamar Talles, você não pode postar furry.
Se você se chamar Talles, você não pode postar mulheres armadas em poses toscas.
Se você se chamar Talles, você não pode postar erotismo.
Se você se chamar Talles, você não pode postar armas.
Se você se chamar Talles, você não pode postar [INSIRA AQUI~]
Se você se chamar Talles, você não pode postar [INSIRA AQUI~]
Se você se chamar Talles, você não pode postar [INSIRA AQUI~]

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 5:27 pm

isso é
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tails
Membro
Membro



Ficha da Personagem
Personagem: Minotaur Tuckz
Vocação: Bêbado Profissional

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 5:27 pm

SPAAAAAAAARTAAAAAAAAAA injusto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Samuel
Administrador - Run! Run! Run!
Administrador - Run! Run! Run!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem: Todos.
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 6:04 pm

Deu-se inicio a putaria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Arkrotep
Esse cara deve floodar, só pode!
Esse cara deve floodar, só pode!
avatar


Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 7:32 pm




Aqui é tópico sério (rs)
Se querem putaria, tem o resto do fórum inteiro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Growl~
Mais de 3000?! Sem ss é fake!
Mais de 3000?! Sem ss é fake!



Ficha da Personagem
Personagem:
Vocação:

MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   Ter Abr 30, 2013 7:56 pm

Vou dar adm dos tópicos do ark pro ark.



Edit; Feito. Ark, me diz se tá funfando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Conte a história... 4FUN!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Conte a história... 4FUN!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» COMO AS PESSOAS SÃO ILUDIDAS E MANIPULADAS COM FALSAS PREGAÇÕES: A HISTÓRIA DE MARJOE GORTNER
» Testemunhos Histórias que edificam
» A história é contada por quem está no poder
» HISTÓRICO DA OBRA DE DEUS REALIZADA PELO ESPÍRITO SANTO Introdução
» Congregação Cristã do Brasil e a história do "Pecado para morte". Caio Fábio Caio Fábio

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: OFF-TOPIC :: Off-topic-
Ir para: